António Fontinhas
bio

1968, Covilhã, Portugal
Professor do 3.º Ciclo e Ensino Secundário de línguas portuguesa e francesa. A sua produção escrita é eclética desde argumentista de banda desenhada, curtas e longas-metragens, autor de textos narrativos, poéticos, letrista, libretista e dramaturgo. Estreou-se como artista na instalação INDEX, do projecto MAPAS – Inclassificáveis, em 2018, produzido pela Luzlinar.